NOSSOS BENFEITORES

Nossa Congregação sempre contou com a participação de muitas pessoas, umas por causa do exercício da função, no caso dos Bispos e autoridades civis; outras por reconhecimento pelos serviços prestados, algumas envolvidas por sentimentos de gratidão. São incontáveis as formas de colaboração dos bispos, sacerdotes e pessoas amigas. Muitos são os benfeitores anônimos, que oferecem sua parcela de bondade, nos silêncio e na escuta. Lembramos os nomes daqueles que deixaram a marca pela função que exerceram, pela amizade que construíram, pela competência ao ajudarem nos momentos de decisão. Dom Francisco do Rego Maia, Bispo de Petrópolis, deferiu o requerimento de Rita de Cássia Aguiar, em 10 de novembro de 1899.
 
Frei Carmelo Pastor Moll O. Carm, Provincial e Prior do Convento do Carmo no Rio de Janeiro, no dia dois de dezembro de 1899, na Igreja da Lapa/RJ acolheu a senhora Rita de Cássia na Ordem Terceira do Carmo, dando-lhe o nome de Ir. Maria das Neves. Dr. Oscar de Macedo Soares, jurista fluminense, fundador da Casa de Caridade “Nossa Senhora de Nazaré”, em Saquarema. Ir. Maria das Neves atendeu o convite dele e exerceu a delicada tarefa de cuidar dos pobres e enfermos como era seu propósito. Dom João Francisco Braga, Bispo de Petrópolis, acolheu o primeiro grupo de Irmãs, tornou-se amigo delas e erigiu canonicamente a Congregação em 1907.
 
Dom Agostinho Benassi, Bispo de Niterói, substituiu Dom João Francisco e deu a ajuda que as Irmãs necessitavam na fase inicial de organização.
 
Dom Silvério Gomes Pimenta, Arcebispo de Mariana/MG, em 13 de abril de 1912, acolheu o pedido de Irmã Margarida do Coração de Jesus, consentindo a transferência do grupo de Irmãs de Campos para Cataguases/MG.
 
Dom Helvécio Gomes de Oliveira, no dia 26 de novembro de 1922, substituiu Dom Silvério e passou a ser pastor zeloso, amigo, e conselheiro de muitas questões da Congregação na sua fase de expansão
 
Dom Vital wilderink, Ocarm., amigo e irmão no Carmelo, desde 1968 ajudou a Congregação em muitos aspectos da Espiritualidade Carmelitana. Assessorou vários Capítulos, acompanhou a elaboração das Constituições promulgadas no ano de 1988, aprofundou a espiritualidade do Carmelo através de encontros, palestras, retiros e acompanhamento individual de Irmãs.
 
Dom Arnaldo Ribeiro atuou como assessor jurídico desde 1969, em vários Capítulos Gerais. Sua presença amiga proporcionou uma colaboração competente e assídua nas várias solicitações das Irmãs dos Governo Gerais. 

Dom Silvério

Dom Helvécio

Dom Vital

Dom Arnaldo


Rua Caraça, 648 / Serra / Belo Horizonte - MG / CEP: 30220-260
E-mail: secretgeral@carmelitasdiviprov.com.br
Telefone: (31) 3225-4758

Irmãs Carmelitas
Da Divína Providência