Últimas Notícias


Seminário para a Vida Religiosa Consagrada

“Por isso, vem, entra na roda com a gente, também, você é muito importante, vem!”

 

Neste espírito de comunhão e reflexão, a Vida Religiosa Consagrada da Região Sudeste se reuniu no dia 15 de maio, de modo online, para refletirmos o tema – “Da Querida Amazônia à Fratelli Tutti – Provocações à VRC.” Com o lema: “Fazei tudo o que Ele vos disser!” (Jo 2,5). Participaram do Seminário as Irmãs do Governo Geral, da Comunidade Casa Central, e Ir. Lúcia Helena Torres, representando a Regional CRB Rio de Janeiro.

Iniciamos as reflexões com um momento orante, preparado, em vídeo, pelas regionais sudeste – Belo Horizonte, Vitória, São Paulo e Rio de Janeiro.

 

Os trabalhos foram divididos pela manhã e à tarde. Durante a manhã, os conteúdos foram aprofundados por Maria Helena Morra, scm, e Ir. Joílson Souza Toledo, fms à luz da Encíclica do Papa Francisco “Fratelli Tutti”. Em suas colocações, trouxeram a novidade deste Documento Pontifício: o próprio Papa Francisco nos convidando a assumir a fraternidade entre nós e a Casa Comum. Foi bastante destacada a figura do Bom Samaritano, que dedica tudo o que tem para resgatar seu irmão caído no caminho. Com a atitude do sacerdote e o levita, vimos que, muitas vezes, nossas estruturas religiosas se tornam “desculpas” para não acolhermos os sofredores.

 

No período da tarde, fomos conduzidos pela Sra. Moema Miranda – leiga franciscana –  que nos levou pelos caminhos amazônicos, conduzindo-nos a penetrar na realidade tocada pelo documento – “Querida Amazônia”.

Somos Amazônia! Apesar das regionais estarem inseridas na Região Sudeste, nossa maneira de viver interfere no meio ambiente. Como VRC precisamos tomar consciência desta realidade de exploração da Mãe Terra, e do desequilíbrio que tais ações causam em todo o mundo. Precisamos unir forças, dar as mãos, o desafio pertence a todos. Assumamos a mística do cuidado com a vida.

 

Nas partilhas dos grupos, percebemos a importância da intercongregacionalidade, integrando os carismas na construção do Reino de Deus, ouvindo o clamor do povo e da natureza. Este Seminário nos trouxe um despertar para uma ecologia integral, na busca de sermos uma Vida Religiosa Consagrada profética e itinerante na Amazônia, denunciando as desigualdades sociais e o descaso governamental.

 

Encerramos o encontro interpelados (as) a assumir a “coragem de Madalena”, acorrendo ao encontro do Senhor, mesmo na madrugada. Que nossa convicção da Ressurreição de Jesus faça vibrar o nosso coração e brilhar os nossos olhos no anúncio da Boa Nova.

“Tudo está interligado nesta casa comum.”

 

Ir. Graça Fernandes e Ir. Beatriz Marques


Novas estratégias de aprendizagem!

Os professores do Ensino Fundamental II e Ensino Médio participaram, ontem, à tarde, de um encontro, por videoconferência, com o assessor pedagógico do Grupo Bernoulli, Márden de Pádua. As novas estratégias de aprendizagem na educação híbrida foram o tema da conversa, que contou também com a presença virtual do assessor pedagógico do Bernoulli, Joani Genelhu.

Márden de Pádua, que é também professor de História, compartilhou com a equipe do Carmo uma série de metodologias ativas, amplamente recomendadas, mesmo antes do ensino remoto, abrindo novos caminhos para a educação híbrida. Destacou duas delas: a "sala de aula invertida" e a "rotação por estações". O palestrante identificou mudanças significativas que acontecem, desde que as escolas precisaram migrar para o meio digital, durante a pandemia do Covid-19. Essas novas estratégias pedagógicas, na sua avaliação, vão permanecer em uso, mesmo depois que for possível o retorno de todos para o modo presencial de ensino.

"A educação híbrida mescla espaços e tempos, aliando as melhores características do presencial e do online. Implica em repensar o currículo e a avaliação, integrando as metodologias ativas e a utilização intencional das tecnologias digitais", descreveu Márden, citando uma definição adotada pela rede Bernoulli.

De acordo com os conteúdos e particularidades das disciplinas, cada professor tem experimentado, com seus alunos, esses métodos, que tornam as aulas mais interessantes e incentivam os estudantes a aprenderem de forma mais autônoma e participativa. As estratégias contam, como enumerou Márden, com uma série de recursos digitais que potencializam habilidades. Dividiu-os em três grandes grupos, citando exemplos de aplicativos que facilitam a compreensão, análise e síntese dos domínios cognitivos do conhecimento.

Os professores do Ensino Fundamental I e da Educação Infantil também têm uma agenda, direcionada para as estratégias de aprendizagem que melhor se aplicam às crianças, tanto no ensino remoto quanto no ensino misto e presencial. Com a equipe do turno da tarde, a palestrante será a consultora do Bernoulli Alanna Landim.

 

Luciana Mendonça de Melo

Colégio Carmo de Cataguases


Encontro Nacional das Novas Gerações

De mãos dadas e com coração transbordante de esperança, a juventude da Vida Religiosa Consagrada se reuniu na manhã do dia 10 de abril, para aprofundarmos o tema – Diversidade, em busca da fraternidade. O encontro foi assessorado pelo Pe. Luiz Côrrea Lima SJ que, atualmente,desenvolve pesquisa sobre história da Igreja, modernidade, gênero e diversidade sexual.

Éramos em torno de 120 jovens religiosos consagrados. Tínhamos no grupo junioristas e recém professos perpétuos, residentes em todas as regiões brasileiras. Quanta animação e vibração! Fomos acolhidos com muito carinho, pelas coordenadoras gerais da Comissão Nacional das Novas Gerações, Ir. Maria José Xaviermjc e Ir. Maristela Ganassini fscj, juntamente com os demais da equipe nacional. Recebemos palavras de ânimo da Presidente da CRB – Nacional, Ir. Maria Inês Vieira Ribeiromad, entusiasmando-nos a ser este sangue novo na VRC, aprendendo a acolher o diferente do próximo e a não nos esquecer de encher nossas talhas de bondade e ternura.

Após a oração inicial, foi-nos apresentada a logomarca das Novas Gerações. Na imagem podemos perceber a “CRUZ: é o sinal do cristão. Recorda-nos os Mistérios da Paixão, Morte e Ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo, o principal modelo da Vida Religiosa Consagrada. É também a personificação da construção do Reino de Deus a ser continuado pelas Novas Gerações. Por este motivo, as letras N e G completam a figura da Cruz. A cor predominante é o verde, cor da esperança, a esperança em Cristo Jesus.
OS TRÊS CÍRCULOS ABERTOS: a simbologia dos três (03) círculos abertos faz alusão à Santíssima Trindade, dando continuidade à missão da Vida Religiosa Consagrada de anunciar a Revelação do Deus Trino na história da humanidade. São elementos de unidade. Não estão fechados, pois enfatizam a abertura e o diálogo com as realidades emergentes. Proporcionam a participação e a contribuição igualitária, inclusiva e corresponsável dos membros, na construção da identidade das NG, neste mundo em constante mudança.
AS LISTRAS VAZADAS: remetem à identidade visual da CRB Nacional, da qual o projeto Novas Gerações faz parte. Procuramos trazer um fragmento da identidade da CRB, evidenciando
como um movimento dinâmico direcionado para as NG, demonstrando a comunhão plena entre ambas.”

Na abordagem do Tema – Diversidade, Pe. Luiz nos trouxe a mensagem da Campanha da Fraternidade Ecumênica 2021, enfatizando a Paz. Jesus Cristo, razão suprema da nossa fé, nos ensinou, com gestos e palavras, que o Reino de Deus é para todos. Tomemos como exemplo a escolha dos discípulos de Jesus, todos com sua singularidade. Aos olhos dos doutores da lei, eram todos pecadores e impuros, e isso se repete nos nossos tempos. Sim, apesar do conhecimento adquirido e dos inúmeros exemplos históricos, como a escravidão e as guerras, ainda precisamos concretizar nossos discursos de Paz e Misericórdia.

Refletimos bastante sobre a Comunidade LGBTQI+, que vem sofrendo muito com os discursos de ódio e preconceito. São privados de estar na comunidade eclesial, devido sua condição sexual, excluídos e condenados por discursos fundamentalistas religiosos. A eles Deus também convida para a Missão! Se nós somos convidadas (os) a integrar nossa sexualidade, por que eles também não podem amadurecer sua sexualidade, e assumir o seguimento a Jesus Cristo na Vida Religiosa Consagrada e nos diversos ministérios da Igreja?

Papa Francisco tem buscado, em suas atitudes como líder da Igreja, congregar de maneira saudável esses Irmãos (ãs) que são excluídos do convívio fraterno. Aprendamos a dar as mãos, e a somar nossas riquezas para a construção de um mundo, onde possamos olhar nos olhos uns dos outros, e dizer: - “A paz esteja convosco!”

Esse encontro despertou em mim um olhar mais misericordioso sobre aqueles que sofrem, por serem privados, em razão do preconceito de serem comunidade eclesial. Ajudou-me, também, a valorizar a diversidade cultural que há em nossas comunidades religiosas, fazendo da convivência um eterno louvor ao Senhor.

Ir. Beatriz Marques Dias.


Encontro Virtual - Gestores dos Colégios do Carmo de Cataguases, Viçosa e Juiz de Fora

Diretoras, coordenadoras e professores de Ensino Religioso dos colégios Carmo, de Viçosa/MG, Juiz de Fora/MG e Cataguases/MG, participaram, neste sábado, 13 de março, por videoconferência, do Encontro de Gestores Carmelitas. Esteve presente, também, a Superiora Geral da Congregação das Irmãs Carmelitas da Divina Providência, Irmã Maria Imaculada Resende Pereira. 

É um evento anual dos colégios Carmo, voltado para a reflexão sobre a missão dos educadores nas escolas carmelitas. Nesta edição de 2021, o grupo recebeu, como palestrante, Frei Jorge Jacinto Corrêa, OCD, que, há 21 anos, trabalha como Mestre de Formação Carmelita, residindo, atualmente em Piedade de Caratinga/MG. Ele esteve acompanhado da carmelita secular Ana Maria Scarabelli, responsável pela formação do Carmelo Secular de Caratinga.

Pela manhã, Frei Jorge, juntamente com Ana Maria, destacaram o exemplo missionário de Santa Teresa D’Ávila, que viveu na Espanha, no século XVI e, hoje, é reconhecida como pioneira reformadora da Ordem Carmelita. Sua história e seus diversos livros publicados contribuíram para o fortalecimento da espiritualidade católica.

À tarde, a história de vida de São João da Cruz foi o tema da apresentação de Frei Jorge e Ana Maria. São João da Cruz é outra importante figura reformadora da Ordem Carmelita, que, com Santa Teresa D’Ávila, fundou a Ordem dos Carmelitas Descalços, na Espanha, tendo publicado, também, grandes obras de literatura mística. Os dois Santos são considerados Doutores da Igreja Católica Apostólica Romana.

Ao final do encontro, o grupo, que reuniu 29 educadores, com a condução da Irmã Sônia Maria Estevam, agradeceu aos palestrantes pelas partilhas de hoje. 

 

Luciana Mendonça

Jornalista do Carmo de Cataguases

Veja Mais

Lugares da nossa missão

Goiás

- Goiânia

Amazonas

- Manaus

Pará

- Itaituba

Equador

- Puyo

Pernambuco

- Petrolina

- Olinda

- Sapucarana

Espírito Santo

- Anchieta

Haiti

- Porto Príncipe

Ceará

- Caririaçu

Rio de Janeiro

- Rio de Janeiro

- Teresópolis

- Saquarema

Eventos

Animação Vocacional

Veja Mais


Rua Caraça, 648 / Serra / Belo Horizonte - MG / CEP: 30220-260
E-mail: secretgeral@carmelitasdiviprov.com.br
Telefone: (31) 3225-4758

Irmãs Carmelitas
Da Divína Providência