Últimas Notícias


ESCALADA EM PREPARAÇÃO PARA A CELEBRAÇÃO DOS SANTOS E SANTAS CARMELITAS

A Escalada dos Santos e das Santas Carmelitas, no ano 2020, foi uma aventura maravilhosa! Esse evento foi uma iniciativa das Irmãs Carmelitas de Madre Candelária, de origem venezuelana, intermediada por Irmã Isimar Linhares. Irmã Isimar é uma jovem Carmelita que reside em Mariana/MG, e atua no Lar Santa Maria. Seu entusiasmo contagiou a todos que participaram, toda noite, às vinte horas.

O primeiro degrau abriu a reflexão, lembrando o inspirador do Carmelo, Profeta Elias e a presença terna de Nossa Senhora do Carmo. Concluímos a escada virtual com Santa Teresa Benedita da Cruz (Edith Stein). O palestrante do dia quatorze de novembro, refletiu sobre a vocação para o Carmelo, e nossa Missão.

Os Santos e as Santas carmelitas foram contemplados, cada um na sua história, sua originalidade, sua contribuição no Carmelo, seus aspectos relevantes no caminho da santidade. Devo destacar que quase todos os palestrantes eram jovens, o que faz consolar o coração dos mais experientes em idade. Parabéns para a juventude carmelitana, atuando com empenho e alegria.

As partilhas foram ricas de conteúdo, e mostraram o gosto pela pesquisa e pelas narrativas na linha da espiritualidade. Provavelmente, cada participante tenha se identificado com a vida de cada Santo ou Santa apresentada(o).  Os Santos contemplados foram: Elias, São Simão Stock, Beato Tito Brandsma, São João da Cruz e Beato João Soret. As Santas foram: Santa Teresa do Menino Jesus e da Sagrada Face, Santa Teresa de Los Andes, Santa Teresa de Jesus de Ávila, Santa Elizabeth da Trindade, Beata Candelária de São José, Madre Maria das Neves, Santa Maria Magdalena de Pazzi e Santa Teresa Benedita da Cruz.

Alguns desses santos e santas são mais conhecidos e outros não. Sendo assim, essa iniciativa proporcionou uma oportunidade para que eles fossem apresentados no conjunto da Família Carmelitana. Cada exponente escolheu sua forma de apresentar, com criatividade e recursos visuais. Aqueles que participaram, certamente, foram provocados a continuar fazendo suas pesquisas, para aprofundar e aprender mais os valores do Carmelo.

 Percebemos a leitura feminina do Carmelo, e nos perguntamos o que nos atrai na busca desse caminho de santidade. A sensibilidade, a ternura, a presença de Maria, talvez, sejam a nossa atração, assim como a identificação com Jesus humano e sofredor, e a capacidade de amar o Amado. O Mistério da Dor e do Amor nos envolve, e nos convida à conversão permanente. O processo transformador da conversão nos atrai para o seio da Trindade Santa, e nos mantém olhando para o horizonte aberto, onde se encontram o Divino-Humano.

Sem dúvida o Carmelo é, na Igreja, a expressão do Amor encarnado na vida do seu povo. A ajuda mútua entre a espiritualidade vivida na ótica feminina e na ótica masculina é um sinal a nos mostrar a importância da caminhada espiritual. Insistimos na importância da oração, do silêncio e da solidão, meios essenciais na jornada espiritual.

A Escalada foi empolgante. Eu me sinto como uma avó, ouvindo os seus netos, seus filhos, seus sobrinhos contando histórias épicas, entusiasmados com as façanhas dos caminhantes.  Curioso foi uma menina de 11 anos, acompanhando essas histórias. Ela provocou em nós a necessidade de uma literatura infanto-juvenil, que contemple a realidade dos Santos e Santas do Carmelo. Na inocência da criança, vimos o olhar de Nossa Senhora do Carmo, nos assistindo todos os dias.

A presença mediadora da Irmã Isimar, com sua simpatia e capacidade de comunicação, ajudou muito na escalada. Sua Congregação, dando a ela o suporte necessário foi admirável. Ela soube acolher, coordenar e estimular a participação dos ouvintes, pelo que damos graças da Deus!

A novidade virtual, provocada pela Pandemia, logo vai deixando de ser difícil de acompanhar.  A aproximação fraterna da Família Carmelitana na América Latina está acontecendo. Temos saudades dos encontros presenciais, mas acolhemos a facilidade da juventude, tornando esses eventos possíveis para nós do século passado. Queridos e queridas jovens do Carmelo, a chama do Carmelo não pode apagar. Continuem passando o Manto de Elias e a Ternura de Maria, todos os dias. Avante!

Irmã Marlene Frinhani, CDP.


Encontro das Animadoras Vocacionais – CDP

"Semeadoras da esperança!"

Foram estas as palavras com as quais nos motivou e encorajou a nossa Superiora Geral, Irmã Imaculada, na reunião da Equipe de Pastoral Vocacional da nossa Congregação e Animadoras Vocacionais, acontecida no último sábado, 19 de setembro, quando tivemos oportunidade de partilhar estudos e vivências.

Foi a nossa primeira reunião virtual. A Irmã Rita nos acolheu com uma calorosa palavra de Boas Vindas, e Irmã Graça Fernandes dinamizou a oração inicial e final.

A Irmã Alenir foi a facilitadora do encontro, colocando para o grupo a análise dos estudos feitos pelas comunidades, dando espaço para partilhar experiências. Destaca-se a importância da postagem no site, na página do Facebook e, especialmente, no Instagram, por ser este o meio mais utilizado pelas adolescentes e jovens. Tem sido de grande importância essas reuniões online neste tempo de Pandemia. Irmã Rita deu testemunho de que por este meio digital, está sendo possível alcançar mais jovens, e de diferentes lugares, através das lives vocacionais.

Também destacou-se a necessidade de conhecer a realidade juvenil, e respeitar o processo das jovens que fazem discernimento, sem interferir, acolhendo-as de coração sem preconceitos, lembrando que Deus é o eternamente chamante, É Ele que chama, e chama a quem quer. Cabe a nós o testemunho, no dia a dia, de sermos apaixonadas por Deus e pelo Seu Reino. Também ressaltou-se a necessidade de a animadora Vocacional ser apaixonada pela Congregação e por esta missão, para que, assim, possamos contagiar as jovens e sermos verdadeiras semeadoras da esperança.

Foi uma pena que muitas Irmãs não puderam participar dessa reunião.

A equipe está de parabéns, pela organização e incentivo. Rezemos para que elas continuem nos motivando, e possamos ser mais encantadas e empolgadas com esta missão, que não é só da Animadora Vocacional, mas de todas nós, Irmãs Carmelitas da Divina Providência.  

Deus seja louvado pela caminhada, e nos ajude a sermos verdadeiras semeadoras de esperança.

Irmã Viviana Beatriz Porra


1ª Profissão Religiosa

No dia 8 de Setembro de 2020 – Festa da Natividade de Nossa Senhora – fiz minha profissão religiosa na Congregação das Irmãs Carmelitas da Divina Providência. A Celebração Eucarística aconteceu na Igreja da Comunidade Nossa Senhora de Lourdes – Viçosa/MG, e foi presidida pelo querido Pe. Paulo Dionê Quintão, pároco do Santuário Santa Rita de Cássia, e concelebrada pelos padres José Evangelista Gomes, vigário na Paróquia Santa Rita de Cássia, e Cônego Lauro Sérgio Versiani Barbosa, pároco da Paróquia Nossa Senhora de Fátima.

Devido à pandemia do novo Corona Vírus, houve poucas Irmãs presentes na Celebração, e também sem a presença dos meus familiares e amigos. Assim, a Missa foi transmitida pelo Youtube da Congregação das Irmãs Carmelitas da Divina Providência e da Paróquia Santa Rita de Cássia, possibilitando a participação de todos que gostariam de se fazer presentes. Esse momento foi celebrado com unção e amor.

Com palavras entusiásticas, Pe. Paulo Dionê me encorajou a carregar sempre, em minha “mochila”, a Fé e a Humildade, a exemplo de Nossa Senhora, que acolheu sua Missão, e se abandonou confiante nos braços ternos do Pai. Ainda trouxe, em sua reflexão, a imagem de Maria ao pé da cruz, que soube perseverar na fé, abraçando o Projeto do Pai. “...cultive essa humildade e fé nas promessas de Deus, para que o Senhor concretize na sua vida o propósito que Ele tem...” Pe. Paulo me lembrou que não estou sozinha nesta jornada, e que sempre devo me recordar daqueles que caminharam e que caminharão comigo.

A seguir, Ir. Maria Imaculada Resende Pereira – Superiora Geral, acolheu minha Profissão Religiosa. Enquanto assinávamos a fórmula, cantamos: “Virgem Mãe dos Carmelitas, vossa bênção derramai, sobre os Filhos rumo ao Pai...”.  Pelas mãos de Ir. Leonor de Jesus Garcia, recebi o Escapulário do Carmo, como sinal visível do meu compromisso de estar sempre a serviço de Deus e dos Irmãos, a exemplo de Nossa Senhora.

A minh’alma engradece o Senhor por este momento especial na minha vida. Agradeço à Congregação pela acolhida fraterna e apoio; a minha família, pelo estímulo na caminhada; às minhas formadoras – Ir. Terezinha Rodrigues de Lima (Mestra de Aspirantes), Ir. Sebastiana Pereira Pires (Mestra de Postulantes) e Ir. Rita de Cássia Silva (Mestra de Noviças), que, com ternura e firmeza, me ajudaram a crescer no Seguimento de Jesus Cristo, e a me encantar pela Missão da Família de Madre Maria das Neves. À Comunidade Nossa Senhora de Lourdes, pelos trabalhos pastorais que experienciei neste tempo de formação e por nos ter cedido o espaço para a Celebração e confraternização. O( Bom Deus os recompense com infinitas graças. Gratidão aos Irmãos (ãs) de caminhada, das muitas comunidades onde passei, Deus os abençoe, por me terem ajudado a amadurecer meu chamado à Vida Religiosa Consagrada. Meu carinho e ternura à Ir. Alenir Pedrosa que, com criatividade, confeccionou o convite para minha 1ª Profissão, e, pelas Redes Sociais da Congregação promoveu toda a divulgação desse momento. Muito obrigada à Comunidade do Noviciado Nossa Senhora do Carmo, pelos dois anos de convivência fraterna, apoio e suporte na formação. Minha gratidão e ternura às Irmãs da Comunidade da Casa Central e a Ir. Júlia Antônia dos Passos, pela presença fraterna, nos ajudando na organização da casa e da liturgia.

Fui envolvida de profunda alegria, gratidão e confiança em Deus. Meu coração recordava com carinho todo processo vocacional percorrido até aquele momento. Eu me senti amada pelo Senhor e por meus Irmãos (ãs) – que, com telefonemas e mensagens, me enviaram apoio e incentivo.

Que a Festa da Natividade de Maria, nossa Mãe, em que confirmei minha pertença a Família de Maria das Neves, pela Profissão dos Votos, me ajude a caminhar com olhos fixos no Senhor, para que, pela graça de Deus, eu renove, no cotidiano da Missão, meu compromisso de “servir a Deus, aos pobres e enfermos!”. Sigo confiante e, como o salmista, exclamo: “Exulto de alegria no Senhor!”

Irmã Beatriz Marques Dias


HORTA "IRMÃ PLAUTILA" - Comunidade de Itaituba/PA

Nossa comunidade, há bastante tempo, está buscando alguém que nos ajudasse a fazer uma HORTA SUSPENSA, muito comum aqui na nossa região.

A horta suspensa é feita de forma que o canteiro, ao invés de ser feito no chão, é feito no ar, com estacas e pranchas de madeira, que formam um caixote grande. Alguns ribeirinhos fazem a horta suspensa com barcos velhos, que não tem mais uso.

Como não conseguíamos uma pessoa que pudesse fazer a nossa horta, começamos a cultivar as sementes em potes de plástico, pneus velhos e latas, mas sempre com o sonho de expandir nossa horta.

Até que conseguimos um senhor das comunidades, que nos ajudou a realizar o sonho.

Começamos a maratona: comprar madeira, pensar e ajudar na construção; buscar e tratar o esterco e a serragem; buscar terra; comprar brita; encher os canteiros com brita, areia, terra, esterco e serragem. Cultivar as sementes, e buscar mudas. Molhar, cuidar e observar o crescimento, colocar suplementos e vitaminas naturais, matar as pragas.

É um processo que nos ajuda a exercitar a paciência, a meditação, a estar na presença de Deus, e a gratidão a Deus por nos ajudar na criação, que, a cada dia, nos emociona e nos transforma.

A alegria de ver as sementes germinando, os frutos que nascem, limpar as pragas... Tudo nos ensina muito no nosso caminho espiritual.

Alegria de ver as primeiras berinjelas, os quiabos, as flores do pé de maracujá e seu primeiro fruto...

Agora, com nossa horta suspensa, serão mais hortaliças, verduras e legumes que poderemos cultivar.

Nos dias da criação da horta suspensa, soubemos do falecimento de nossa querida Irmã Plautila.  Logo pensamos: nossa horta terá o seu nome, pois Irmã Plautila era alguém que viveu pela missão nos meios populares, na pastoral da criança, e amava a natureza.

Com muita alegria, nasceu nossa HORTA IRMÃ PLAUTILA, que, em breve, estará cheia dos dons de Deus.

 

Irmã Liene Gomes

Veja Mais

Lugares da nossa missão

Goiás

- Goiânia

Amazonas

- Manaus

Pará

- Itaituba

Equador

- Puyo

Pernambuco

- Petrolina

- Olinda

- Sapucarana

Espírito Santo

- Anchieta

Haiti

- Porto Príncipe

Ceará

- Caririaçu

Rio de Janeiro

- Rio de Janeiro

- Teresópolis

- Saquarema

Eventos

Animação Vocacional

Veja Mais


Rua Caraça, 648 / Serra / Belo Horizonte - MG / CEP: 30220-260
E-mail: secretgeral@carmelitasdiviprov.com.br
Telefone: (31) 3225-4758

Irmãs Carmelitas
Da Divína Providência