Últimas Notícias


Festa Junina no Colégio Carmo - Cataguases
O Colégio Carmo - Cataguases realizou sua Festa Junina no último sábado, 9 de junho, com a presença de sua comunidade escolar no Ginásio Poliesportivo Carmelitano. As crianças e jovens da Educação Infantil, Ensino Fundamental I e II e Ensino Médio se apresentaram, com as danças típicas. A garotada curtiu as brincadeiras com prendas da pescaria, estoura balão e boca do palhaço. As famílias também aproveitaram a tarde e a noite para experimentar os caldos e outros quitutes que não podem faltar neste tradicional "arraiá".
 
O encanto da festa, é claro, fica por conta dos pequenos da Educação Infantil, que deixam os pais, avós e tios boquiabertos com cada passinho. No Maternal II, um sabiá saiu da gaiola para cantar com seu bando. No Maternal III, os trenzinhos caipiras levaram os noivos para um casamento na roça. As turmas do 1º período fizeram a colheita do café, com suas peneiras enfeitadas de fitas coloridas e um criativo forró, dançando juntinho com espantalhos, foi a sensação das danças do 2º período. No "Carimbó" e na "Farinhada", das turmas do 1º ano, meninas com saiões de chitão e meninos com peneiras rodavam pelo centro do ginásio. O som ficou por conta da professora de música, Alethea Sarmento, com teclado e voz. As professoras e ajudantes de cada turma organizaram as coreografias e todo o projeto de valorização do folclore brasileiro, sob orientação da Coordenadora Denise Furtado. 
 
Já era noite quando começaram as danças do Ensino Fundamental. As crianças do 2º ano, tendo em mãos almofadinhas vermelhas, cantavam alto que "É proibido cochilar". A "Sanfoninha Choradeira" embalou a dança das turmas do 3º ano e novamente as peneiras balançaram nas mãos das crianças do 4º ano, ao som de "Penerô, Xerem". O 5º ano entrou na dança com muitas fitas amarelas jogadas ao vento com a canção "Aproveita, Gente". Descalços e com os chinelos nas mãos, os alunos do 6º ano dançaram "Na base da chinela". As coreografias do 2º ao 6º anos foram conduzidas pela professora de Educação Física, Graziella Porfiro, com o apoio da Coordenadora Ana Brígida.
 
"Xenhenhem" foi a canção escolhida pelas turmas do 9º ano, em coreografia ensaiada com a colaboração da mãe de uma aluna. Dançando juntinho, os pares mostraram que têm ritmo, recordando os antigos bailes na roça. Logo depois, uma grande quadrilha se formou, com estudantes do 8º ano e do Ensino Médio, mesclando o forró e o sertanejo que, em tom de brincadeira, eram quebrados por batidas de funk, misturando tradições e modismos. Para fechar a festa, o "Fogaréu" animou a dança do 7º ano. As coreografias foram apresentadas pela professora de Educação Física Ana Gabriela.
 
"Nossa festa é o resultado de um trabalho maravilhoso desta grande equipe, que ao longo das últimas semanas se dedicou intensamente para que tudo saísse bem. Agradecemos a todos os funcionários, irmãs carmelitas, professores, alunos, pais, além das pessoas que, com sua generosa colaboração, contribuíram na preparação dos caldos, pastéis e doces", afirmou a Diretora Pedagógica, Cecília Poyares.
 
Luciana Mendonça de Melo, jornalista do Carmo de Cataguases

Segundo encontro pre capitular

 “Deus nos dê o Espírito de unidade, conforme Jesus Cristo”.

Nos dias 26 e 27 de maio de 2018 aconteceu o segundo Encontro Pré-capitular na cidade de Petrolina/PE. Com a assessoria do Pe. Rhawy Chagas e da Equipe de Preparação para o XVIII CGO.  E a participação de nossa Superiora Geral, Ir. Dazir.

Foi um encontro descontraído com espaço para diálogos, escuta, esclarecimentos, orientações, estudos e reflexões.  

 Foram dois dias intensos, nos quais atualizamos a nossa história afetiva e cronológica desde os primórdios da Congregação até os dias atuais. Mergulhando mais e mais na reflexão sobre a nossa atual e futura organização, em vista da unificação do Governo e atualização do Diretório Geral, no esforço de contemplar a realidade e necessidades de nossa Congregação.

Fomos percebendo que o fato de estar nesse processo de desconstrução e construção nos ajuda no caminho de conversão pessoal e comunitária, assim como nos faz crescer na pertença, na participação e na corresponsabilidade como Família Religiosa de Madre Maria das Neves.

Fomos tomando consciência de que vivenciamos um tempo para deixarmos a graça de Deus atuar em nós como Congregação, para deixar-nos modelar como o barro nas mãos do oleiro. Compreendemos que somos unânimes naquilo que é essencial, e que temos desejos e angústias e que tê-las não é ruim, mas é o que nos leva à busca mais autentica da Vontade de Deus.

Assim como Maria precisamos guardar esses fatos no coração e meditar, ruminar as palavras e vivências que Deus vai nos comunicando.

Que Nossa Senhora do Carmo, a Estrela do Mar, possa nós conduzir nesta travessia.

“Caminhante não há caminho

O caminho se faz ao caminhar.”

Ir. Viviana Beatriz

 

 


Em Preparação ao Capitulo Geral

Rio de Janeiro, 19 e 20 de maio de 2018.

 

O primeiro encontro em preparação ao XVIII Capitulo Geral Ordinário da Congregação. Iniciou-se na manhã do sábado, dia 19 de maio, com a Eucaristia celebrada pelo Assessor canônico Pe. Jawy Chagas Ramos.

 

As frases que mais marcam esse tempo foram: Unificar para reavivar, e o mantra Deus nos dê um espirito de Unidade, conforme Jesus Cristo. E foi isso que marcou nosso encontro, com todas as Irmãs do Governo Geral, algumas Irmãs do Regional Nordeste, algumas Irmãs da Província Madre Bernadete e da Província Madre Maria das Neves, formando um grupo de 59 Irmãs.

 

Algumas reflexões nos ajudam na vivência desse momento, como as Palavras da Ir. Dazir nos recordando que nosso modelo de Unidade é a Santíssima Trindade.

 

Outras reflexões do Assessor foram nos ajudando a clarear nosso processo de Capitulo retomando a unificação da Congregação. Unificar para reavivar.

A vida Religiosa é sempre profética, angustiada, busca caminhos novos para ser fiel ao seguimento de Jesus Cristo.

O carisma ultrapassa o limite da comunidade.

A unificação começa dentro de nós. A unificação já existe na Congregação, o que está em estudo é a forma de governo. 

Fomos convidadas a deixar-nos modelar, pois tudo nasce do coração. A semente de Deus está em cada uma de nós.

 

Após alguns esclarecimentos desse processo de unificação, recebemos um texto, onde se faz uma leitura das formas de organização já vividas na Congregação, para trabalharmos em grupo. Observou-se que, a cada duas décadas aproximadamente, houve necessidade de rever a forma organizacional da Congregação que se estava desenvolvendo. No plenário foi feita a partilha do que se observou no estudo e houve oportunidade de esclarecimentos

 

No domingo iniciamos o dia com a missa de Pentecostes, pedindo os dons e a luz do Espirito Santo para guiar-nos.

O dia foi dedicado à revisão, do Diretório Geral, a partir da síntese e observações feitas em comunidade. Seguido de partilha no plenário.

Encerramos do dia com uma avaliação e a oração.

Irmã Creusa da Costa Lima

Veja Mais

Lugares da nossa missão

Goiás

- Goiânia

Amazonas

- Manaus

Pará

- Itaituba

Equador

- Puyo

Pernambuco

- Ibimirim

- Petrolina

- Olinda

- Sapucarana

Espírito Santo

- Anchieta

Haiti

- Porto Príncipe

Canadá

- Montreal

Angola

- Luanda

Ceará

- Caririaçu

Rio de Janeiro

- Angra dos Reis

- Rio de Janeiro

- Teresópolis

- Saquarema

Eventos

Animação Vocacional

Veja Mais


Rua Caraça, 648 / Serra / Belo Horizonte - MG / CEP: 30220-260
E-mail: secretgeral@carmelitasdiviprov.com.br
Telefone: (31) 3225-4758

Irmãs Carmelitas
Da Divína Providência